Rolê Cultural: Palacete das Artes

by - segunda-feira, março 02, 2020

Olá, pessoas! Era para ter saído antes, porém ocorreram imprevistos com o meu computador e aqui estou eu fora do prazo que programei. Patience. Eu não iria voltar para as aulas antes de fazer uma última publicação aqui; a minha ideia de hoje é falar um pouco das exposições de artes que eu visitei junto com uma amiga no dia 6 de fevereiro desse ano. Já faz um tempinho, mas ainda está valendo contar sobre esse passeio legal aqui. Espero que gostem!
Obs: Mil desculpas se as fotos não estão as melhores do mundo, eu só tive a ideia de fazer esse post depois, então todas as fotos que eu tirei foram para guardar ou mostrar para outras pessoas. Na próxima vez eu tento tirar umas melhores, prometo! 😜

É engraçado como ás vezes nós meio que somos turistas na nossa própria cidade e eu não me salvei desse título. Salvador tem muitos lugares incríveis que eu nem coloquei o pé ainda. O Palacete das Artes foi um desses lugares e o próprio bairro da Graça, o qual eu nunca andei direito. Meu primeiro objetivo em ir lá, além de conhecer o lugar, foi visitar a exposição ''Fartura e Abundância'' em homenagem à Eliana Kertész, mãe das gordinhas de Ondina. E de bônus, eu visitei também a exposição das pinturas de Sérgio Amorim que ainda estão com cheirinho de tinta.

Obs: eu e minha amiga fomos andando para lá, eu achava que era relativamente perto (ainda acho) e que, por isso, não era necessário pegar ônibus, então nem pesquisei sobre. Nenhuma de nós sabia como chegar lá e fomos olhando o google maps; o passeio foi bem mais legal. Erramos o caminho? Uma vez, mas foi bem tranquilo, engraçado e a conversa rendeu.👍❤




“Águas de Salvador e da Baía de Todos os Santos”                 


Eu só soube dessa exposição quando cheguei lá, então eu só sabia que era, provavelmente, uma homenagem à Salvador e tal; o resto eu descobri pela internet mesmo. Eu achei incríveis as obras, são enormes e retratam a paisagem soteropolitana de uma forma linda. Fiquei encantada com como a pintura se formava enquanto você olhava e meio que ‘desaparecia’ quando você se aproxima dela; imaginei como teria sido o processo de criação delas, a expectativa para o resultado. 

Confesso que essa é uma das minhas favoritas

A beleza que as pinturas exalam é de deixar sem palavras. As pinturas são do ano passado e ainda dá para sentir o cheiro da tinta ''nova'', eu não sei descrever muito bem a sensação de tê-las visto de pertinho, mas foi um
sentimento muito bom estar lá. É algo muito único, acho que qualquer pessoa daqui, que conhece a cultura e o cotidiano das pessoas vai se encantar com elas.

‘‘A mostra passa por abordagens do cotidiano de Salvador em diálogo entre o mar e as raízes da cidade, além de direcionar para um olhar sensível pelo cenário soteropolitano e suas relações com o recôncavo e com o sertão baiano.’’ (Link)




Tinham várias outras lá, mas só tirei fotos dessas. Vale muito a pena ir lá contempla-las, não só pela sua beleza, mas também por ser uma linda homenagem para a nossa cidade e por ser gratuito. Aproveitem!

Exposição: “ÁGUAS DE SALVADOR E DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS” – SÉRGIO AMORIM
Onde: Palacete das Artes
Endereço: R. da Graça, 284 – Graça, Salvador – BA, 40150-060
Quando: de 14 de janeiro a 29 de março de 2020
Horário: Terça a Sexta 13 – 19H | Sábado e Domingo 14 – 18H
Entrada: gratuita

‘‘Fartura e Abundância’’
Exposição 'Fartura e Abundância' de Eliana Kertész estreia em Salvador  — Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quem não conhece as gordinhas? Elas são uns dos símbolos de Salvador e marcam sua presença e beleza em Ondina. Antes da exposição eu não sabia que a mãe delas fora Eliana e lá eu conheci um pouco dela e da sua incrível mente artística.


A primeira parte da exposição é uma sala grande repleta de instrumentos que ela usava nas suas criações, diários e anotações, fotos de família, moldes de esculturas, esboços de desenhos e outras coisas que fazem você entrar um pouco na vida pessoal e artística dela. Pela sala existem mini Tvs e caixas de som onde passam ela contando suas inspirações e acontecimentos. Tudo isso ouvindo sua voz e sentindo a presença dela. Nas paredes também tem alguns textos dela falando sobre suas obras, poemas de como ela se sente ao fazer sua artes. Textos profundos e muito bonitos.


Na Segunda parte da exposição, na parte de baixo. tem uma sala enorme com essas duas esculturas gigantescas e maravilhosas. Quando eu entrei lá fiquei surpresa e muito feliz; ela são incríveis. Dá para tirar muitas fotos, tocar nas esculturas e interagir; aposto que as crianças que foram lá amaram. 

Além dessas esculturas grandes, nas paredes dessa sala tem textos definindo a arte da Eliana e o seu propósito, frases da mesma apreciando e definindo o seu trabalho.


Ainda na segunda parte, porém no andar de cima, foram colocadas diversas esculturas de Eliana de todos os tamanhos possíveis e estilos diferente para o público apreciar. Se eu pudesse, teria uma daquelas na minha casa com certeza! Nessa mesma sala tinham duas telas touch: uma com fotos das esculturas e assim que você clicava apareciam frases relacionadas à escultura; a outra tela exibia, se eu não me engano, palavras soltas e quando você selecionava mostravam vídeos de amigos e familiares falando sobre a artista.


Essas foram as minhas esculturas favoritas
A terceira e, infelizmente, última parte da exposição é uma sala escura onde assa um mini documentário sobre Eliana, com fotos pessoas, depoimentos da família, amigos e conhecidos. Nesse momento deu para concluir, definitivamente, que ela era/é uma pessoa muito querida e que deixa muitas saudades. A exposição é linda e eu fiquei muito feliz de ter aproveitado bastante esse dia.

Exposição: Eliana Kertész - Fartura e Abundância
Onde: Palacete das Artes
Endereço: R. da Graça, 284 – Graça, Salvador – BA, 40150-060
Quando: de 14 de janeiro a 8 de março de 2020
Horário: Terça a Sexta 13 – 19H | Sábado e Domingo 14 – 18H
Entrada: gratuita


Bom, pessoas, é isto. Estou feliz que consegui terminar essa publicação em um tempo recorde. Quero muito fazer mais publicações assim, torçam para que eu consiga dar uns passeios durante esse semestre. Em breve que postar de novo, não quero abandonar igual ao semestre passado. Espero que tenham curtido e se interessado pelas exposições. Beijão e até a próxima.

You May Also Like

0 Comentários

Olá! Fico muito agradecida de você ter chegado até aqui e espero que possa deixar um comentário legal; ficarei feliz em responde-lo. Bem-vindo e volte sempre, beijão!