Um amor chamado: Fotografar

by - terça-feira, fevereiro 11, 2020


Olá, pessoas! Finalmente criei coragem para furar o meu bloqueio criativo e tentar escrever esse post. Hoje eu iriei escrever sobre como eu comecei a fotografar, minhas inspirações e entre outras coisas; vai ser um texto mais de boas.😁💗

Eu comecei a tentar fotografar em 2015, talvez 5 anos depois de meu pai comprar uma câmera semiprofissional. O meu intuito não era me envolver, mas sim apenas ajudar umas amigas em um trabalho no qual elas precisariam gravar um vídeo. Brincadeiras vão e risadas vem, eu tirei várias fotos delas e gostei do resultado, a partir disso comecei a querer fotografar outras coisas, ter mais pessoas para fotografar e tudo isso virou algo diferente de antes; agora eu enxergava uma foto de uma maneira inspiradora. Não sei explicar, mas eu me sinto feliz fotografando.

Depois desse momento encontros com amigos para diversão e fotografar se tornaram frequentes. Claro que eu não era A fotografa, mas, naquela época, eu achava as fotos incríveis e uma mega novidade; eu havia encontrado um talento

Anos se passaram e eu ainda amo fotografar, dessa vez minhas fotos são melhores que antes e as vezes eu até consigo ganhar uma grana fotografando para algumas pessoas que eu conheço. Contudo ainda me falta muita experiência e estudo; eu sempre prometo estudar durante as férias, mas parece uma missão impossível e outras coisas vencem a minha atenção. Esse ano eu pretendo colocar isso em primeiro lugar quando sobrar um tempo vago da faculdade, espero que dê certo.





Inspiração

Eu não sei muito bem o que diretamente me inspira, mas parece ser uma combinação de coisas que eu olho, estando fotografando ou não, e penso ‘‘uma foto ficaria perfeita aqui’’. Um ambiente bem iluminado, uma paisagem que sobressaiu, pessoas, um olhar diferente; tudo parece uma chance para extrair arte daquilo. 

Outra coisa que me inspira é que fotografar em si é você extrair e guardar eternamente um momento, um sorriso, uma tristeza. É fazer história com a câmera. Da uma sensação incrível manter um momento vivo, saber que aquilo tem um significado ou que pode se tornar algo significativo.

O que eu mais gosto de fotografar são pessoas, então eu sempre uso meus amigos e família como cobaia. Aniversários e encontros legais são essenciais para eu botar em prática e tentar me desenvolver um pouco mais; sempre fico feliz quando noto que eu avancei em algo que há anos atrás não ficaria bom.

Clique AQUI para acessar as pastas

Outra coisa que me dá inspiração é pesquisar outros fotógrafos. Conhecer trabalhos diferentes, técnicas legais, consumir e fazer pastas diferentes no Pinterest para eu tentar fazer parecido depois, seguir vários instagrans de fotógras profissionais, achar fotos/fotógrafos para eu me espelhar,
 tenho amizade com pessoas que trabalham com o ramo, tento explorar uma visão além da minha. É bem legal fazer isso, pois na internet a gente acha de tudo.

‘‘A fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história, cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las”.
- Ansel Adams

Essa é a minha prima e eu amo tirar fotos dela, sempre que posso faço isso.




Crianças 


Eu amo fotografar crianças pelo fato de que é divertido, apesar de ser exaustivo as vezes por você ter que chamar muito a atenção se for bebê, e também por ser muito genuíno e verdadeiro. Saem muitas fotos únicas, sorrisos de momento e tal por se tratar de uma criança de meses ou poucos anos que vai agir como quer e como realmente se sente. Eu me divirto muito tirando fotos da minha prima, ela também ama tirar fotos e adora se amostrar para a câmera. Uma fofura!


Mais fotos




Apresentação do Bando de Teatro do Olodum que eu assisti 


Hoje foi curtinho, mas eu espero que vocês tenham gostado. Eu realmente não estou muito no clima para escrever, mas tento contornar isso; quero ainda essa semana conseguir postar de novo. Estou sempre aberta para indicações, críticas e etc. Sigam o meu pinterest e instagram de fotografia (AQUI AQUI), lá vocês poderão encontrar inspirações, mais fotos e meu portfólio também. Beijão e até depois.




You May Also Like

0 Comentários

Olá! Fico muito agradecida de você ter chegado até aqui e espero que possa deixar um comentário legal; ficarei feliz em responde-lo. Bem-vindo e volte sempre, beijão!